Fla já fala com Joel, mas Bahia não joga a toalha: ‘Mantenho esperanças’

A diretoria do Flamengo entrou em contato com Joel Santana nesta terça-feira. O treinador do Bahia é o preferido para ocupar a vaga de Vanderlei Luxemburgo, que está sem clima algum no clube carioca, e uma aproximação entre as partes aconteceu durante a manhã. Apesar do assédio do Rubro-Negro, o presidente do Bahia, Marcelo Guimarães Filho, não joga a toalha e diz esperar que o técnico fique no Tricolor.

– Ainda mantenho esperanças de que ele vai ficar. Vamos aguardar os acontecimentos – afirmou o dirigente.

Na semana passada, quando o nome de Joel começou a ser cogitado para o cargo de técnico do Flamengo, o presidente Marcelo Guimarães já dizia que acreditava que o treinador não iria embora. O dirigente lembrou que Joel tem uma alta multa rescisória, mas confiava que ele permaneceria no Bahia independentemente de valores.

Luxa se diz tranquilo

Mesmo se conseguir a classificação para a fase de grupos da Libertadores, Vanderlei Luxemburgo não tem sua permanência assegurada no comando do Flamengo. A multa rescisória pela demissão do treinador girava em torno de R$ 4 milhões. Mas como a partir deste dia 1º de fevereiro faltam 11 meses para o fim do contrato, o valor passaria para algo em torno de R$ 3,3 milhões.

– Estou tranquilo. Com tanto tempo de futebol, não é a primeira vez, nem será a última, até porque não vou me aposentar. Não há crise que fique a vida toda, assim como não tem fase boa que dure para sempre. Estamos vivendo um momento desconfortável, mas temos um jogo, uma sequência que tem chance de reverter a situação. Futebol, jogando quarta e domingo, você tem a possibilidade de mudar as coisas. Não vou mudar meu comportamento, são tantos anos vivendo isso aí. O importante é mensurar quantos momentos bons eu vivi: 70, 80%, está ótimo; 20% ruim. Não vejo nada de anormal com as coisas momentâneas que estão acontecendo – declarou Vanderlei Luxemburgo.

O treinador teve problemas com Ronaldinho Gaúcho, e também não fala a mesma língua do gerente de futebol Luiz Augusto Veloso e vive em constante atrito com o vice de finanças Michel Levy. Vanderlei também se mostrou incomodado com declarações da presidente Patricia Amorim, quando ela disse que quem manda no clube é ela, e questionou o fato de Luxa discutir questões como o atraso de luvas e direitos de imagem dos jogadores durante a pré-temporada em Londrina.

– Aconteceu com Felipão, com outro não sei onde, está acontecendo comigo. Mais jovem, eu chutava o balde, agora é diferente. Como vou degustar isso? Entendendo que pertence ao meio. Aconteceu com Celso Roth no Grêmio, foi campeão daqui a pouco saiu. Aí tem Felipão questionado no Palmeiras. O Abel, que está disputando uma Libertadores…Quando ele chegou aqui diziam “que não ganha”, vão querer tirar o cara. Vão tirar o cara, tira. Isso não me incomoda mais.

Luxa, que no último dia 15, depois do amistoso com o Corinthians, disse que teria uma conversa com a diretoria logo após o segundo jogo diante do Real Potosí preferiu não comentar sobre a reunião:

– Vamos pensar no jogo, senão vão ficar perguntando o que vai acontecer na quinta-feira, sexta, sábado. O jogo é o mais importante, senão vamos desviar a atenção.

Joel, há uma semana, evitou polêmica

Na semana passada, quando questionado sobre a possibilidade de ir para o Flamengo, Joelpreferiu se esquivar do assunto:

– Não vou começar a botar mais leite nesse mingau, nesse bolo não, cara. Desculpa eu não responder, mas é porque boato a gente não responde. Até pelo respeito que eu tenho pelo Vanderlei. O Flamengo não está com um treinador? Então pronto. Deixas essas coisas lá e a gente fica aqui cuidando do nosso clube – disse na época.

Joel Santana chegou ao Bahia em setembro do ano passado. A missão do treinador era evitar o rebaixamento para a Série B do Campeonato Brasileiro. Ao final do ano, conseguiu classificar o Tricolor para a Copa Sul-Americana e renovou o contrato para 2012.

Da Redação ChicoSabeTudo
Fonte: globoesporte.com

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × 2 =

Veja também