Na manhã deste sábado (18 de outubro), devotos e religiosos do mundo inteiro celebraram o Centenário de Mãe Rainha, Três Vezes Vencedora Admirável de Schoenstatt, fundado em 1914 pelo padre alemão José Kentenich, aqui em Paulo Afonso, os festejos começaram na noite desta sexta-feira (17). “Cem anos não são cem dias, falamos de uma centena de anos, de uma coisa forte e bonita e convidamos todas as famílias para participar”, disse João participante do Terço dos Homens.

É importante destacar que o Centenário de Mãe Rainha foi celebrado em outros momentos na Diocese, a Mãe percorreu todas as Foranias, Paróquias e Comunidades, inclusive no interior. “Ela visitou comunidades, zona rural e foram só bênçãos porque as pessoas começaram a conhecer e sentir a presença maternal de Maria”, enfatizou Edileuza coordenadora de Mãe Rainha da Diocese.

[caption id="attachment_96606" align="alignright" width="309"] Foto divulgação[/caption]

A Celebração presidida por Dom Guido, às 09 horas da manhã, na paróquia do Perpétuo Socorro, deu uma pequena dimensão do sentimento que envolve os fiéis no mundo afora. “Nós estamos aqui porque pessoas concretas aceitaram as escolhas que Deus fez a respeito delas, toda história da Salvação não nasce de projetos pastorais, não nasce porque alguém disse “agora veremos como fazer”, mas por pessoas que escolhidas disseram sim, o mesmo se deu com padre José Kentenich”, afirmou Dom Guido durante a homilia.

As comemorações continuam neste dia 18 de outubro, dia da Maria Peregrina, com momentos de orações e procissões. Agora são os fies que andam, agradecem e bem dizem a Maria. No mês das Missões, dos que chegam onde só quem vive a fé pode alcançar, daqueles que não têm medida, pois não é possível saber as medidas de quem renuncia a si para ajudar ao próximo.

Fonte: diocesedepauloafonso.com.br