PM é agredido e sofre retaliações em Santa Brígida

O caso aconteceu no município de Santa Brígida – BA, por volta das 23h deste último sábado (15), mas como no momento da ocorrência o delegado da referida cidade não se encontrava em seu posto, o Policial Militar Araújo trouxe José Tarcisio (foto), detido por desacato à autoridade, até Paulo Afonso para que as medidas cabíveis fossem tomadas.

Acompanhe os fatos:

A Polícia Militar foi solicitada pela tia de José Tarcisio para que tirasse ele e outros colegas da calçada da sua avó, pois o mesmo estava incomodando a senhora com tamanho barulho. Foi aí que o sujeito desacatou o PM e originou-se uma série de agressões sem precedentes contra os policiais. Um dos irmãos de Tarcisio, conhecido como “Nem”, jogou um paralelepípedo nas costas do Soldado Marcelo e fugiu do local com a intenção de pegar uma espingarda para atirar nos policiais, só que quando ele retornou o PM Araújo já tinha se deslocado para Paulo Afonso para autuar José Tarcisio.

No domingo para segunda-Feira (17), quando o PM já havido retornado à Santa Brígida com o sujeito, Araújo nos conta que Tarcisio e seu irmão foram até a sua residência e quebraram o para-brisa do seu carro como retaliação. Contudo o pior não foi isso. O delegado até o momento não tomou nenhuma providência sobre o caso.

“Se fosse ao contrário eu já estava preso. Fica aí minha indignação… Do jeito que as coisas andam por aqui, vai morrer alguém ou a PM vai apanhar no meio da rua, pois o delegado disse que não pode prender bêbado. Já o policial pode apanhar de qualquer jeito. É isso?”, desabafou o PM agredido.

Da Redação ChicoSabeTudo

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 × dois =

Veja também