PE: Curso de Formação de Soldados é de fazer pena, diz associação

É de fazer pena 

Publicado em 21.08.2010 – 
Coluna JC nas Ruas – Caderno Cidades – Jornal do Commercio

Familiares de alunos do Curso de Soldados da Polícia Militar de Pernambuco têm procurado a Associação dos Cabos e Soldados (ACS) para pedir ajuda. Denunciam que alguns dos futuros policiais estão sofrendo maus tratos durante o treinamento. Quando não passam mais de duas horas debaixo do sol, estão fazendo faxina e lavando pratos e panelas na Academia Integrada de Defesa Social (Acids), no Curado. A situação estaria se agravando porque nenhum tipo de alimentação vem sendo dada aos alunos durante o treinamento. A determinação é para que comam quando terminam as aulas e treinos ou antes de chegar à academia. Segundo a ACS, os alunos passam pelos treinamentos em turmas distintas, uma de manhã e outra à tarde. Os pais contam que, pela manhã, por exemplo, os filhos têm que estar em forma às 6h. Para ficarem prontos nesse horário, é preciso acordar bem mais cedo e, consequentemente, se alimentar bem antes. A maioria mora longe e muitos, inclusive, são do interior. Quase a totalidade não tem dinheiro para se alimentar corretamente. Resultado: os jovens não estão aguentando o ritmo. Dizem que a situação é de fazer pena. Com a palavra o Comando da PM.

Por: Paula Costa | Jornalista

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × 5 =

Veja também

Dois mortos no Benone Rezende!!

Por volta das 21:00h de hoje (24/08), mais vítimas da família Silva, foram assassinados. Maria Auxiliadora dos Santos Silva e seu filho Diogo Teixeira da Silva, conhecido como “Mago”,