Atletas da seleção olímpica devem ficar de fora do Brasileirão por seis rodadas

Mesmo sem confirmar a data de apresentação da equipe olímpica na Granja Comary, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) já sinalizou pretende iniciar a preparação para os Jogos do Rio 2016 no dia 18 de julho, o que fará com que o treinador Dunga terá 17 dias de atividade com o grupo. Dessa maneira, os atletas que atuam no Brasil devem ficar de fora do Brasileirão por seis rodadas e desfalcar as suas respectivas equipes durante esse período.

Entretanto, segundo matéria do globoesporte.com, a exceção ficará por conta de algum atleta convocado estiver nas equipes de Atlético Mineiro ou São Paulo e seu respectivo clube chegar a final da Taça Libertadores da América, que terá seu último confronto definido para o dia 27 de julho. O zagueiro Rodrigo Caio, do Tricolor Paulista, e o lateral Douglas Santos, do Galo, já foram convocados para a Copa América Centenário e são nomes quase certos para a equipe olímpica. Além deles, goleiro Ederson, o lateral-direito Fabinho, o zagueiro Marquinhos, o meia Rafinha Alcântara e o atacante Gabriel também atuarão pelo torneio continental e tem chance de ir ao Rio 2016 em agosto.

Ainda segundo a publicação, o técnico brasileiro já teria escolhido o seu trio acima de 23 anos para a disputa dos Jogos. Além de Neymar, o zagueiro Mirando e o meia Willian são nomes especulados para integrar o escrete canarinho. Entretanto, a CBF não teve um acordo com Internazionale e Chelsea para a sua liberação. O Brasil Olímpico estreia no dia 4 de agosto, em Brasília, contra a África do Sul, retornando ao Mané Garrincha no dia 8 contra o Iraque e finalizando a primeira fase no dia 12, em Salvador, contra a Dinamarca. 

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × 5 =