Varela Notícias 2354f491 1860 4000 ba90 e9c082781ceb Joesley fechou acordo de delação premiada com o Ministério Público Federal.

Em entrevista bombástica concedida para a revista “Época”, o empresário Joesley Batista afirmou que o presidente Michel Temer (PMDB) é “o chefe da maior e mais perigosa organização criminosa” e destacou que sua relação com ele “nunca foi uma relação de amizade” e sim “institucional”.

Além disso, Joesley contou que comprou o silêncio na prisão de Eduardo Cunha e Lúcio Funaro, apontado como o principal operador de propina de Cunha, explicando que o ex-ministro Geddel Vieira Lima era o “mensageiro” do presidente que o procurava.

De acordo com Joesley Batista, os pedidos de Temer sempre eram pessoais.  “Tem políticos que acreditam que, pelo simples fato do cargo que ele está ocupando, já o habilita a você ficar devendo favores a ele. Já o habilita a pedir algo a você de maneira que seja quase uma obrigação você fazer. Temer é assim”, disse.

Vale lembrar que Joesley Batista fechou acordo de delação premiada com o Ministério Público Federal.