Mãe e padrasto são presos suspeitos de espancar menina de 3 anos até a morte

Foto: Reprodução/TV Anhanguera | Menina de 3 anos apresentava diversos hematomas pelo corpo

Nesta terça-feira (14), a mãe e o padrasto de uma menina de 3 anos foram presos suspeitos de espancar a criança até a morte , em Trindade, Região Metropolitana de Goiânia (GO). A vítima apresentava diversos hematomas pelo corpo e havia sido agredida há dois dias.

A motivação do crime ainda será investigada, informou a delegada Silvana Nunes à TV Anhanguera , afiliada da TV Globo . “Eles alegaram que ela tinha caído do parquinho. Depois alegaram que um outro filho deles, de 6 anos, que tinha batido na irmã, mas a versão deles não correspondia com as provas das lesões”, disse ela.

No entanto, a mulher acabou confessando o crime e o padrasto ficou em silêncio. O casal não apresentou advogados. “A mãe confessou que a criança foi espancada no domingo (12) e somente nessa madrugada ela encaminhou para a UPA após os vizinhos alertarem que ela estava mal”, continuou a delegada.

Além do espancamento da menina, a polícia também apura se houve  agressão ao irmão da vítima. “Tanto o filho de 6 anos, quando a vítima de 3 anos, apanhara, foram espancadas pela mãe. Ela confessou que deu murros, ponta pés. O menino apresenta lesões nas costas e alega que apanhava com bambu”, acrescentou.

Com base dos depoimentos e indícios, os agentes acreditam que as crianças eram torturadas constantemente pela mãe, com a omissão e participação do padrasto.

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três − 1 =