Connect with us

Polícia e investigação

Irmãos Brazão e ex-delegado fazem exame antes de prisão em Brasília

Presos suspeitos do caso Marielle chegam a Brasília para exames e detenção em segurança máxima.

Avatar De Portal Chicosabetudo

Publicado

em

Assassinato

Os irmãos Domingos e Chiquinho Brazão, junto ao ex-delegado Rivaldo Barbosa, suspeitos em um caso de grande repercussão, foram levados a Brasília neste domingo para um procedimento padrão antes da prisão. Eles são apontados como os mandantes do trágico assassinato da vereadora Marielle Franco e de seu motorista, Anderson Gomes. Por outro lado, Rivaldo Barbosa enfrenta acusações de obstruir as investigações do caso.

A chegada do trio à capital federal, após decolarem do Rio de Janeiro às 14h30, marcou o início de um processo legal rigoroso. Aterrissando em Brasília às 15h53, foram conduzidos diretamente ao Instituto de Medicina Legal da Polícia Civil do Distrito Federal para o exame de corpo de delito, uma etapa fundamental sempre que há transferência de presos. Este procedimento antecipa a sua transferência para a Penitenciária Federal de Brasília, uma unidade de segurança máxima, onde cumprirão prisão preventiva.

A ordem para a prisão do trio foi anunciada na manhã do mesmo dia pelo ministro da Justiça e Segurança Pública, Ricardo Lewandowski, e o diretor-geral da Polícia Federal, Andrei Rodrigues. Esta decisão se deu após a emissão de um mandado de prisão preventiva pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, marcando mais um capítulo no longo processo judicial relacionado ao caso Marielle Franco.

Mais Lidas