Connect with us

Polícia e investigação

Galpão de materiais recicláveis em Camaçari, na Bahia, é atingido por incêndio

Galpão com materiais recicláveis em Camaçari é devastado por incêndio. Equipes de emergência atuam intensamente no local.

Avatar De Redação Portal Chicosabetudo

Publicado

em

Galpão De Materiais Recicláveis Em Camaçari, Na Bahia, É Atingido Por Incêndio
Reprodução

Camaçari, 17 de Janeiro – Um galpão contendo materiais recicláveis localizado no bairro Jardim Limoeiro, em Camaçari, Bahia, foi atingido por um incêndio nesta quarta-feira, por volta das 14h. O Corpo de Bombeiros foi acionado, porém, até o momento, o fogo ainda não foi controlado.

A Defesa Civil de Camaçari informou que, devido à grande emissão de fumaça, moradores próximos foram retirados de suas residências. Ivanaldo Soares, coordenador da Defesa Civil, destacou que a evacuação foi uma medida preventiva contra riscos de intoxicação, uma vez que a fumaça densa provém da queima de materiais plásticos.

O incêndio, que começou em um terreno adjacente anteriormente ocupado por uma fábrica de alimentos, atingiu milhares de sacolas grandes usadas para armazenamento de materiais de reciclagem. “A situação evidencia os perigos das queimadas em vegetação”, relatou o coordenador Soares.

Em resposta ao incidente, a Defesa Civil, em conjunto com o 10° Grupamento de Bombeiros Militar (GBM) de Camaçari, concentrou esforços no resfriamento do local. Equipamentos como retroescavadeiras, solicitados junto à Secretaria da Infraestrutura (Seinfra), foram empregados para auxiliar na remoção dos materiais e prevenir a propagação do fogo para áreas residenciais.

Felizmente, não houve feridos, mas a Defesa Civil aconselha que indivíduos expostos à fumaça busquem avaliação médica. Este episódio é considerado um dos maiores incêndios em Camaçari nos últimos anos, conforme dados da Coordenadoria de Proteção e Defesa Civil (Compdec).

Cerca de 25 bombeiros estão trabalhando intensamente no local, e a expectativa é que as operações de combate ao incêndio continuem por alguns dias, dada a alta inflamabilidade dos resíduos plásticos e a extensão da área afetada, estimada em aproximadamente 20.000 metros quadrados.

Além dos bombeiros e da Defesa Civil, a Polícia Militar da Bahia (PM-BA) e funcionários da Neoenergia Coelba também estão envolvidos na operação. A Neoenergia Coelba realizou o desligamento da rede elétrica na região para prevenir riscos de curto-circuito.

ANÚNCIO

Mais Lidas