Lula diz que Dilma será cabo eleitoral e ocupará o papel que quiser na campanha

Lula diz que Dilma ocupará o papel que quiser na campanha dele -Créditos: Redes sociais

Na manhã desta sexta-feira (29) durante entrevista a uma rádio de Pernambuco, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) disse que a ex-presidente Dilma Rousseff (PT) ocupará o lugar que quiser na campanha presidencial do petista. 

Na campanha, ela vai fazer o que quiser. Será cabo eleitoral da minha campanha. Virá a Pernambuco. Dilma, assim como eu, não tem medo de pergunta. Dilma será minha companheira antes, durante e depois das eleições”, disse.

Em dezembro do ano passado, o PT não convidou Dilma para o jantar em São Paulo que simbolizou a união entre o ex-presidente Lula e o ex-governador Geraldo Alckmin (PSB). Uma ala do partido defende que Dilma não apareça nas peças de propaganda de Lula.

O ex-presidente aproveitou para destacar que o Brasil começou a dar errado quando Eduardo Cunha assumiu a presidência da Câmara dos Deputados. “Ele preparava bombas (no Congresso) todos os dias para embaraçar o governo Dilma. Tenho orgulho da Dilma. Até dezembro de 2014, quando terminou o primeiro mandato, o desemprego era de 4,5%. Padrão sueco”, avaliou.

O petista também atacou o ex-presidente Michel Temer. “Acabou com os direitos dos trabalhadores dizendo que iria criar empregos. Cadê as férias, os descansos remunerados, a seguridade social. O povo voltou quase a ser escravo”, pontuou.

 

Tags: #emalta, #brasil, #declaracao

Comentários