Pedreiro é encontrado morto, amarrado, sem orelhas e olhos

Foto: Arquivo pessoal

O pedreiro Edemilson Dias Batista, de 38 anos, foi encontrado morto após quase uma semana desaparecido em Buri, no interior de São Paulo. Ele foi achado morto dentro do Rio Apiaí na quinta-feira (14/4).

Segundo a polícia informou ao portal G1, o corpo do pedreiro estava com os braços e pernas amarradas, olhos e orelhas arrancados, além de três marcas de tiro na cabeça.

Um pescador da região encontrou o cadáver boiando, preso uma vegetação, próximo das margens do rio, de acordo com boletim de ocorrência. Ele estava desaparecido desde 8 de abril.

Familiares de Edemilson reconheceram o corpo no local, que foi levado para o Instituto Médico Legal (IML), onde passará por exames. O caso será investigado pela Polícia Civil de São Paulo.

Comentários