Paulo Afonso: Morre idosa que precisou ir de maca até agência bancária para fazer prova de vida

Idosa em uma maca na agência Caixa - Créditos: Divulgação

Morreu nesta terça-feira (1), em Paulo Afonso – BA, a idosa de 85 anos que precisou ser levada em uma ambulância até uma agência bancária para fazer prova de vida e não ter o benefício do INSS suspenso.

Popularmente conhecida como Dona Maria Baixinha, a idosa residia no Povoado Juá, área rural de Paulo Afonso. Maria, que já teve câncer de mama, estava com câncer nos ossos e não tinha condições de se locomover.

No último dia 27, a idosa precisou ir até uma agência da Caixa Econômica Federal, localizada no centro de Paulo Afonso, para comprovar a sua existência e garantir a continuidade do benefício da aposentadoria por meio da prova de vida. Como não podia se locomover a idosa precisou de uma ambulância para ir até a agência bancária.

Ao chegar na agência, funcionários, que já estavam cientes da situação, se recusaram a realizar o atendimento dentro da ambulância, alegando que a idosa precisava ir até o hall de atendimento dentro da agência. Familiares com a ajuda de pessoas que aguardavam atendimento tiveram que retirar a idosa de dentro da ambulância em uma maca. A idosa só foi atendida depois de duas horas de espera.

A cena constrangedora de uma idosa esperando por atendimento em cima de uma maca gerou revolta nas pessoas que estavam presentes. Um popular gravou o ocorrido e publicou o vídeo nas redes sociais, o registro rapidamente ganhou repercussão e gerou indignação na população.

Assista o vídeo:

Em nota, a Caixa informa que realizou o atendimento à senhora e que idosos com mais de 80 anos, com doenças ou dificuldades de locomoção podem realizar a prova de vida por meio de um procurador cadastrado pelo INSS.

Confira:

“Com relação ao ocorrido na última sexta-feira (27), a CAIXA esclarece que realizou atendimento de prova de vida do INSS à senhora que procurou atendimento na Agência Paulo Afonso (BA).

O banco informa que para solicitar a realização da prova de vida INSS, os beneficiários que não podem comparecer às agências bancárias por motivos de doença, dificuldades de locomoção, podem realizar a comprovação de vida por meio de um procurador devidamente cadastrado no INSS. Idosos com mais de 80 anos e beneficiários com dificuldade de locomoção podem solicitar pelo telefone 135 do INSS a visita em sua residência ou local informado, para identificação do titular e a realização da comprovação de vida. O agendamento também pode ser feito pelo portal www.meu.inss.gov.br .”

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × 4 =