Mãe diz que filha e amiga mortas em cachoeira foram tirar foto no penhasco

A tentativa de tirar uma foto à beira de um penhasco, na margem de uma cachoeira, ocasionou a queda das duas amigas que morreram no município de Lages, na serra de Santa Catarina, no último domingo (13).

Esta foi a versão relatada por uma testemunha do acidente em conversa com a mãe de uma das vítimas. A polícia segue investigando as circunstâncias que resultaram nas duas mortes.

Bruna Vellasquez, de 18 anos, e Monique Almeida, de 19 anos, caíram de uma altura de aproximadamente 30 metros na cachoeira do Salto Rio Caveiras.

Em entrevista, Jurceli Almeida, mãe de Monique, afirmou que elas estavam acompanhadas por outros dois amigos (um homem e uma mulher) no local. Um deles contou à mãe que chegou a alertar as duas sobre o perigo de ir à beira da cachoeira naquele ponto. Mas elas teriam insistido em fazer as fotos ali.

“Esse menino que estava lá disse que elas foram bem na beirada para tirar a foto. Quando elas estavam voltando, a Bruna escorregou em uma pedra, a Monique foi segurar e caíram as duas juntas. Minha filha tentou puxar a amiga para trás, mas não aguentou o peso”, disse Jurceli

De acordo com o relato desse jovem para a mãe, Bruna e Monique se posicionaram perto do penhasco, bem ao lado da cachoeira. As duas foram fotografadas por uma outra amiga, que permaneceu mais distante e não se feriu.

Após o clique, elas caíram do penhasco em cima de rochas situadas ao redor da queda d’água.

“Tinha bastante gente lá e eles estavam vendo o perigo. Eu nem sabia. Ela disse que ia na casa de uma amiga, e aí eu deixei. Se ela tivesse me falado que ia para esse lugar, eu jamais teria permitido”. disse a mãe.

Quando a equipe de resgate chegou à cachoeira, Bruna já estava morta. Monique foi socorrida com vida, mas não resistiu aos graves ferimentos ao dar entrada no hospital Nossa Senhora dos Prazeres.

A Polícia Civil instaurou um inquérito para apurar o caso. Parentes e testemunhas serão intimados na próxima na semana. Até o momento, apenas socorristas e policiais que participaram da ocorrência prestaram depoimento.

 

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quinze − dez =

Veja também