Maceió: Fugitivo do sistema prisional se entrega para não morrer

Um fato inusitado foi registrado na madrugada desta segunda-feira (04/07) na Central de Polícia de Maceió. Com medo de ser assassinado, Leonildo Silva de Souza – fugitivo do sistema prisional alagoano – resolveu se entregar à polícia.

Ele conta que sofreu um atentado à bala há cerca de quatro meses, na Grota da Alegria, no Benedito Bentes, onde morava desde que fugiu do presídio. Uma quadrilha, envolvida com o tráfico de drogas e homicídios naquela região teria jurado matá-lo. Leonildo relata que seu enteado W.P., de 16 anos, faz parte deste grupo criminoso.

O reeducando diz que conseguiu escapar do atentado por muita sorte, pois os criminosos chegaram a disparar doze vezes contra ele. Desde então, as ameaças aumentaram.

Na noite de domingo (03/07), ele ligou para o Disque Denúncia da Polícia Civil (0800 284 9390) relatando a situação e pedindo para se entregar.

Agentes da Operação Asfixia foram acionados e acabaram por prender Leonildo em um ponto indicado por ele, próximo ao mirante da Chã de Bebedouro.

Ele foi levado para a Central de Polícia, no bairro do Prado, onde se confirmou que havia um mandado de prisão em seu desfavor, expedido pela Justiça, por crimes de roubo e porte ilegal de arma.

O reeducando retornará para o sistema prisional

Da Redação ChicoSabeTudo
Fonte: PC/AL

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × dois =

Veja também