Artistas pedem apoio contra novo manual do aborto

Por Chico Sabe Tudo 28/06/2022

Nesta terça-feira (28), o Ministério da Saúde, após recentes casos envolvendo gravidez de vítimas de estupro, como o da atriz Klara Castanho e o da menina de 11 anos, realiza audiência pública para discutir cartilha antiaborto.

“Pessoas que engravidaram em decorrência de estupro, que gestam fetos anencéfalos ou que correm risco de morrer caso levem adiante a gestação precisam acessar o serviço de abortamento de forma segura e humanizada”, diz o texto publicado pelas atrizes Camila Pitanga e Ana Hikari.

URGENTE: amanhã de manhã vai rolar uma audiência pública para discutir o novo manual do aborto do Ministério da Saúde, que prevê que pessoas que sofreram violência sexual e fizeram um aborto legal sejam investigadas pela polícia“, Dira Paes, atriz de Pantanal, via Twitter.

A cantora Maria Rita, o ator Gregorio Duvivier e o diretor de cinema Kleber Mendonça Filho também assinaram e divulgaram uma petição contra o manual que será discutido pelo Ministério da Saúde. 

Acabei de assinar a campanha #CuidemDeNossasMeninas, que pressiona o Ministério da Saúde pela derrubada do novo manual sobre aborto, que quer investigar criminalmente as vítimas de violência sexual que fazem um aborto legal. Pressione você também aqui: https://t.co/c4zgyOCJVL“, Gregorio Duvivier via Twitter.

O documento elaborado pela pasta foi amplamente criticado por trazer a alegação de que “não existe aborto legal no Brasil”, apesar da legislação vigente estabeleça casos nos quais a prática é autorizada. Vale ressaltar que o atual presidente Jair Bolsonaro (PL) é totalmente contra o aborto mesmo em casos que possuem previsão legal, como os de estupro.

Sobre nós

Falar um pouco sobre o Chico

Ultimos posts

Copyright © 2022 Portal ChicoSabeTudo. Todos os direitos reservados.