Connect with us

Cenário Político

Michelle Bolsonaro entra na mira da Polícia Federal; entenda o motivo

PF investiga Michelle Bolsonaro por suposto uso indevido do cartão corporativo da Presidência para cobrir despesas pessoais.

Avatar De Redação Portal Chicosabetudo

Publicado

em

Foto: Alan Santos/PR/Reprodução

Depois do indiciamento de Jair Bolsonaro (PL) como um dos principais envolvidos no esquema criminoso de furto e venda de joias do acervo da Presidência da República nos Estados Unidos, a ex-primeira-dama Michelle Bolsonaro passou a ser o novo alvo das investigações da Polícia Federal (PF).

A PF está investigando se Michelle fez uso indevido do cartão corporativo da Presidência da República. Existem indícios de que o cartão foi utilizado para cobrir despesas pessoais da ex-primeira-dama e de seus familiares.

Denúncias surgidas em 2023 apontaram que Michelle poderia estar utilizando o cartão corporativo de maneira similar aos esquemas de corrupção conhecidos como “rachadinhas”. Esses esquemas foram investigados nos gabinetes de seus enteados, Flávio Bolsonaro (PL-RJ), na Alerj, e Carlos Bolsonaro (PL-RJ), na Câmara Municipal do Rio.

Em resposta às acusações, Michelle Bolsonaro usou suas redes sociais para reagir com ironia. “Todos os meus comprovantes de compras pessoais. Feitas em 4 anos de governo. Devidamente arquivado. Só não tem o da troca de silicone porque meu médico não cobrou”, escreveu. Ela ainda convidou o jornalista Rodrigo Rangel, do site Metrópoles, que fez a denúncia, para um “café” em sua casa.

Mais Lidas