Connect with us

Cenário Político

Dirceu na CPI: “permanecerei em silêncio”

Avatar De Chicosabetudo

Publicado

em

José Dirceu, preso por conta das investigações da Operação Lava Jato,  presente da CPI da Petrobras, nesta segunda-feira (31). O ex-ministro se recusou a responder aos questionamentos dos membros da CPI . O petista, que seria ouvido na condição de investigado, não respondeu ao presidente da CPI, Hugo Motta (PMDB), que sugeriu que a sessão se tornasse fechada. Abatido, Dirceu apenas declarou: “Seguindo orientações do meu advogado, permanecerei em silêncio”.

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Petrobras vai ouvir cinco pessoas nesta segunda-feira (31) em Curitiba, entre eles José Dirceu, ex-deputado e ex-ministro da Casa Civil. Ao todo, a CPI pretende ouvir 13 pessoas e fazer pelo menos uma acareação até a quinta-feira (5) na capital paranaense.

Todos os depoentes estão presos, acusados de envolvimento em irregularidades na Petrobras no contexto da Operação Lava Jato. Além de José Dirceu, serão ouvidos na segunda-feira Jorge Zelada, ex-diretor da área Internacional da Petrobras, e três empresários. Dois são executivos da empreiteira Andrade Gutierrez: Otávio Marques de Azevedo e Elton Negrão de Azevedo. O terceiro é João Antonio Bernardi Filho, representante no Brasil da empresa italiana Saipem.

Mais Lidas