Connect with us

Cenário Político

Bolsonaro nega apoio a Pablo Marçal em campanha para prefeitura de SP

Bolsonaro desautoriza apoio a Pablo Marçal, que tenta se mostrar como alternativa influente para a direita em São Paulo.

Avatar De Redação Portal Chicosabetudo

Publicado

em

Foto: Reprodução/Redes Sociais

O coach Pablo Marçal (PRTB), pré-candidato à Prefeitura da capital paulista, está tentando se posicionar como um outsider influente na política. Utilizando as redes sociais, ele tem divulgado encontros com figuras políticas que vão desde o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) até o ex-governador João Doria (sem partido).

Apesar de nunca ter ocupado um cargo público, Marçal anunciou sua pré-candidatura em 25 de maio e, desde então, tem se movimentado no cenário político. Ele já visitou o Congresso Nacional, onde se reuniu com o deputado Guilherme Boulos (PSol), um de seus concorrentes na corrida pela Prefeitura. Além disso, Marçal está promovendo uma série de encontros com o objetivo de se posicionar como a melhor opção para a direita e centro-direita em São Paulo.

Entre seus encontros, Marçal conversou com parlamentares do PL, partido de Bolsonaro, e com o próprio ex-presidente. No entanto, Bolsonaro descreveu a conversa como uma simples cortesia, lembrando o apoio que Marçal deu à sua candidatura à reeleição em 2022. Bolsonaro deixou claro que não pretende apoiar Marçal e instruiu os bolsonaristas do PL a não declararem apoio ao coach.

Mesmo assim, Marçal tenta atrair os eleitores de Bolsonaro, utilizando a imagem de bolsonarista. Recentemente, Marçal encontrou-se com João Doria, uma figura antagônica a Bolsonaro, e publicou sobre o encontro nas redes sociais, insinuando que Doria teria tentado dissuadi-lo de concorrer nas eleições.

Na mesma semana em que Bolsonaro almoçou com o prefeito Ricardo Nunes (PL) e o governador Tarcísio de Freitas (Republicanos) para discutir a indicação do coronel Ricardo Mello Araújo (PL) como vice de Nunes, Marçal postou uma foto no palanque de Tarcísio de 2022, sugerindo que contribuiu para a eleição do governador.

Durante sua recente visita a Brasília, Marçal aproveitou para conversar com líderes do União Brasil, partido aliado de Nunes, e do MDB, partido do atual prefeito. No plenário da Câmara dos Deputados, foi anunciado por Otoni de Paula (MDB-RJ), que lhe desejou sucesso nas eleições.

Além disso, Marçal está dialogando com outras figuras políticas, como a pré-candidata do Novo, Marina Helena. Ele gravou uma entrevista com a economista, destacando a vontade comum de ambos em mudar São Paulo.

Mais Lidas