Connect with us

Polícia e investigação

Policial militar é preso após matar faxineira que defendia filho em SP

Policial militar é preso após matar Maria Helena dos Santos, 55, com um tiro no rosto durante discussão em Indaiatuba.

Avatar De Redação Portal Chicosabetudo

Publicado

em

Foto: Reprodução

Um policial militar foi detido na última segunda-feira (8), acusado de assassinar Maria Helena dos Santos, uma faxineira de 55 anos, com um tiro no rosto. O crime ocorreu na quinta-feira (4), em Indaiatuba, interior de São Paulo, durante uma discussão em que Maria Helena tentava proteger seu filho.

Testemunhas relataram que a faxineira estava passeando com seu cachorro quando avistou seu filho, de 34 anos, e um amigo sendo abordados por um homem armado em um veículo desconhecido. Ao intervir na situação, Maria Helena foi ameaçada pelo suspeito, que ordenou que ela saísse. Ao recusar-se, o homem disparou contra ela e fugiu do local.

O suspeito, que é policial militar e serve em um batalhão de Campinas, foi preso na cidade de Salto. Ele passou por audiência de custódia e foi encaminhado ao Presídio Militar Romão Gomes.

Mais Lidas