Connect with us

Polícia e investigação

Polícia aponta caseiro como responsável pelo assassinato de chef de cozinha e esposa na Bahia; suspeito está foragido

Polícia Civil aponta Eliandro Lourenço de Menezes como principal suspeito no assassinato do chef David Pegrina Capó e sua esposa Érica da Silva Santos.

Avatar De Redação Portal Chicosabetudo

Publicado

em

Polícia Aponta Caseiro Como Responsável Pelo Assassinato De Chef De Cozinha E Esposa Na Bahia; Suspeito Está Foragido
Foto: Reprodução/Redes sociais e Polícia Civil

A Polícia Civil da Bahia, nesta sexta-feira (8), anunciou um avanço significativo no caso do duplo homicídio em Porto Seguro. O suspeito do assassinato do chef espanhol David Pegrina Capó, de 53 anos, e de sua esposa, a brasileira Érica da Silva Santos, de 38 anos, foi identificado como Eliandro Lourenço de Menezes, de 46 anos. Segundo as autoridades, um mandado de prisão preventiva foi emitido, porém, Eliandro encontra-se foragido.

O crime, ocorrido no dia 24 de novembro, teria sido motivado por vingança. O delegado Paulo Henrique de Oliveira, responsável pelas investigações, informou que a motivação do crime parece estar ligada a uma promessa não cumprida. O chef David teria assegurado a Eliandro uma parte da Ilha do Pau do Macaco, após este trabalhar como caseiro do casal por três meses, enquanto estavam na Europa. A quebra deste acordo teria levado à execução do casal.

Eliandro, com um histórico de acusações de tráfico de drogas pela Polícia Federal em 2019, fugiu após a decretação de sua prisão preventiva e retornou à ilha atraído pelo sucesso do restaurante do casal.

Inicialmente, a polícia suspeitava que o filho de Eliandro estivesse envolvido no crime. No entanto, o homem apresentou um álibi e negou qualquer participação. A hipótese atual é que outras duas pessoas possam ter ajudado Eliandro no duplo homicídio. O filho informou aos policiais que seu pai confessou o crime e não tinha intenção de se entregar.

A investigação também esclareceu que os crimes de David na Espanha, incluindo fraude e falsificação de documentos, não estão relacionados ao homicídio. Entretanto, suspeita-se que a compra da ilha por David possa ter sido feita com recursos obtidos ilegalmente na Espanha.

Relembrando o caso

David e Érica foram encontrados mortos, com marcas de tiros, no restaurante “Os Ribeirinhos”. Érica foi achada nua na parte externa, mas não há indícios de abuso sexual, enquanto David estava dentro de casa. O filho de Érica, também residente no local, não estava presente no momento do crime.

David era natural da ilha turística de Mallorca, no Mediterrâneo, enquanto a brasileira era de Itagimirim, cidade localizada a 100 km de Porto Seguro. Ambos foram sepultados na cidade natal de Érica.

Proprietários do “Os Ribeirinhos”, um restaurante íntimo cercado pela natureza, o casal também costumava participar de festivais gastronômicos. O mais recente, compartilhado em uma rede social, foi o “Festival Esquina do Mundo”, realizado entre os dias 1º e 18 de novembro em Arraial d’Ajuda, distrito de Porto Seguro.

O chef costumava compartilhar fotos do cotidiano, da natureza e dos pratos preparados no restaurante em suas redes sociais.

Polícia Aponta Caseiro Como Responsável Pelo Assassinato De Chef De Cozinha E Esposa Na Bahia; Suspeito Está Foragido
Polícia Aponta Caseiro Como Responsável Pelo Assassinato De Chef De Cozinha E Esposa Na Bahia; Suspeito Está Foragido

ANÚNCIO

Mais Lidas