Connect with us

Polícia e investigação

Líder do BDM que fugiu do presídio de Paulo Afonso em 2011 é morto em Salvador

Ednei Alves Santos da Silva, conhecido como Nei, foi baleado e morreu durante operação policial em Castelo Branco, Salvador.

Avatar De Redação Portal Chicosabetudo

Publicado

em

Foto: Reprodução/ Redes Sociais

Na madrugada de segunda-feira, 17, um homem de 40 anos, identificado como Ednei Alves Santos da Silva, conhecido como “Nei”, morreu após um confronto com a Polícia Civil no bairro de Castelo Branco, em Salvador. Nei era uma das principais lideranças da facção criminosa Bonde do Maluco (BDM) na capital baiana.

A operação foi realizada pela Coordenação de Operações e Recursos Especiais (CORE). Durante a ação, houve uma troca de tiros entre Nei e a equipe policial. O criminoso foi baleado e socorrido para o Hospital Professor Eládio Freitas, em Águas Claras, mas não resistiu aos ferimentos.

Nei possuía uma extensa ficha criminal, com passagens pela polícia por tráfico de drogas e homicídios. Durante a operação, a Polícia Civil desarticulou pelo menos um laboratório de distribuição de drogas.

Em março de 2013, Nei foi preso em um posto de gasolina no bairro de Busca Vida, em Lauro de Freitas. Na época, ele era considerado uma das principais lideranças do Caji, uma localidade do mesmo município. Antes da captura, Nei estava foragido desde 2011, após fugir do presídio de Paulo Afonso, localizado no norte do estado.

Até então, ele respondia a inquéritos por assaltos a estabelecimentos comerciais em Cícero Dantas e Novo Triunfo, ocorridos em 2008. Além disso, Nei era apontado como responsável por mais de 30 homicídios de antigos comparsas e traficantes rivais que deixaram seu bando.

Mais Lidas