Connect with us

Polícia e investigação

Durante discussão no trânsito, motorista atira em carro com passageiros

Motorista armado dispara contra carro em briga de trânsito na Castello Branco. Polícia busca suspeito, considerado foragido.

Avatar De Redação Portal Chicosabetudo

Publicado

em

Foto: Reprodução/Redes Sociais

Na tarde de sexta-feira (14), uma briga de trânsito na Rodovia Castello Branco, em Boituva (SP), resultou em uma ameaça armada e tiros disparados. Um motorista sacou uma arma e atirou em direção aos ocupantes de outro veículo após uma discussão acalorada.

A Justiça decretou a prisão temporária do motorista armado, que agora é considerado foragido. O veículo dele foi apreendido em uma pousada em Piraju (SP) no sábado (15). Vídeos que circulam nas redes sociais capturaram o momento em que o suspeito disparou três vezes: uma vez em direção à passageira e duas vezes no pneu do carro.

A Polícia Civil registrou um boletim de ocorrência por tentativa de homicídio com base nas imagens dos disparos, que viralizaram nas redes sociais. As vítimas, que reportaram o incidente à Polícia Rodoviária, foram orientadas pela Delegacia Seccional de Itapetininga (SP). O caso está sendo investigado pela Delegacia de Investigações Gerais (DIG). Informações sobre o paradeiro do suspeito podem ser fornecidas pelo telefone 181 do Disque Denúncia.

Antes do confronto, o motorista de uma caminhonete Hilux foi “fechado” por um veículo Tracker no quilômetro 110 da rodovia, por volta das 14h. Ambos os veículos pararam, e a passageira da caminhonete instruiu as crianças a ficarem no carro enquanto ela e o motorista desciam e se aproximavam do outro veículo.

O homem, armado, ordenou que a passageira do outro carro abaixasse o vidro. A vítima, ao telefone com a Polícia Militar, foi aconselhada a não abrir a janela. Frustrado, o homem atirou no pneu do veículo e depois em direção à passageira, acertando o vidro da frente. Em seguida, disparou novamente contra o pneu do carro.

Em outro momento, o suspeito foi visto dando coronhadas na janela da passageira e proferindo insultos. A vítima perguntou se a mulher que estava com ele era policial, mas não obteve resposta. Não há confirmação oficial de que a mulher seja policial.

A advogada Nayara Souza, representando o casal Gabrielle Gimenez e William Isodoro, informou que eles estavam a caminho de Boituva quando o veículo do suspeito colidiu com o deles. O casal tentou conversar com o outro motorista sobre os danos, mas ele reagiu de forma agressiva e começou a discussão.

Segundo a advogada, o suspeito desceu do veículo armado duas vezes. Na primeira, ele deu uma coronhada no vidro do passageiro. Na segunda, mais à frente, ele atirou no carro, totalizando cinco disparos. A defesa busca justiça tanto nas esferas cível quanto criminal.

O motorista identificado como Adriano Domingues da Costa alegou que o outro carro atingiu a traseira de sua caminhonete e o seguiu ameaçando sua família por 40 minutos. Ele afirmou que estava com a esposa e os filhos, e que estavam indo comemorar o aniversário de casamento.

Neste domingo (16), a Polícia Civil de Itapetininga (SP) cumpriu um mandado de busca e apreensão na casa de Adriano em Mariporã (SP). Foram apreendidos um cofre, uma tonfa e seu passaporte. Adriano conseguiu fugir antes da chegada dos policiais. Sua esposa, presente no local, não foi detida e será ouvida durante a investigação.

As autoridades continuam procurando por Adriano. Informações sobre seu paradeiro podem ser fornecidas anonimamente pelo Disque Denúncia, telefone 181.

Mais Lidas