Connect with us

Polícia e investigação

Cartunista brasileiro Ziraldo, criador do Menino Maluquinho, morre aos 91 anos

Faleceu o icônico cartunista Ziraldo, aos 91 anos, criador do “Menino Maluquinho”. Deixa legado na arte e resistência política.

Avatar De Portal Chicosabetudo

Publicado

em

Ziraldo

Morreu, no último sábado, Ziraldo Alves Pinto, cartunista renomado brasileiro, aos 91 anos. A família informou que o artista faleceu em seu sono, em casa, localizada na Zona Sul do Rio de Janeiro.

Nascido em Caratinga, Minas Gerais, Ziraldo marcou seu nome na história cultural do Brasil ao ser um dos fundadores do jornal “O Pasquim” na década de 1960. Este periódico se destacou por ser um dos raros a contestar a ditadura militar no país. Como consequência de sua posição crítica, Ziraldo foi preso em dezembro de 1968, após o Ato Institucional Número Cinco (AI-5).

O cartunista alcançou fama nacional com a criação de “O Menino Maluquinho” em 1980, um livro infantil que cativou corações e se transformou em uma bem-sucedida série animada, amada por diversas gerações em todo o Brasil.

Em 1987, o seu talento transcendeu para o esporte, ao criar uma versão infantil do mascote “Tricolor de Aço” do Bahia, além de mascotes dos outros quinze clubes participantes da Copa União, eternizando seu trabalho também no futebol. Ziraldo deixou um legado inestimável na cultura brasileira, marcado não só pela arte, mas pelo coração e pela determinação de expressar sua voz em tempos de restrição.

Mais Lidas