Connect with us

Polícia e investigação

Acusado de matar a mulher queimada em Arapiraca é condenado a 26 anos de prisão

Avatar De Redação Portal Chicosabetudo

Publicado

em

Acusado De Matar A Mulher Queimada Em Arapiraca

José Cabral do Nascimento foi condenado a 26 anos e 15 dias de prisão pelo assassinato da esposa Claudinete da Silva, e tentativa de homicídio da filha dela, Kerrolly da Silva, no dia 3 de agosto de 2011, em Arapiraca, no Agreste de Alagoas. O julgamento foi realizado nesta terça-feira (26).

Conforme o processo, o crime ocorreu porque José Cabral, que na época era cabo da Polícia Militar, não aceitou o fim do relacionamento com a professora Claudenice.

O réu jogou líquido inflamável na mulher e na enteada, depois ateou fogo nas duas. Em depoimento, a filha da vítima disse que o padrasto fez várias ameaças. Relatou ainda que, no dia do crime, ouviu a mãe gritar por socorro e a viu ficar inconsciente após ser estrangulada por ele instantes depois.

Os jurados reconheceram a autoria dos crimes e aceitaram as condicionantes elencadas no processo (motivo fútil, com uso de fogo e mediante dissimulação que dificultou a defesa das vítimas).

O Conselho de Sentença não acolheu a tese da defesa, de que o réu era incapaz de entender o ato ilícito praticado. A pena deverá ser cumprida em regime inicialmente fechado e o réu não poderá recorrer em liberdade.

ANÚNCIO

Mais Lidas