Bolsonaro presta solidariedade à família de jovem morto em assalto: ‘Deus não deixa os seus desamparados’

Bolsonaro presta solidariedade à família de Renan -Créditos: Redes sociais

Nesta quarta-feira (27), o presidente Jair Bolsonaro (PL) usou as redes sociais para prestar solidariedade aos amigos e familiares do jovem Renan Silva Loureiro, morto com quatro tiros durante um assalto em São Paulo.

Minha mais profunda solidariedade à companheira e à família de Renan Loureiro. Que o responsável por essa brutalidade pague por seus atos e que Deus conforte o coração de todos! Neste momento a dor faz parecer não existir justiça, mas Deus não deixa os seus desamparados“, escreveu.

Para o presidente, o jovem foi assassinado devido ao “conforto do bandido na certeza da impunidade”. “Não foi o cidadão que preferiu perder a vida por causa de um celular, mas o bandido que escolheu matar por isso”, continuou.

Infelizmente, temos que repetir nossa revolta contra esse tipo de monstruosidade, sobretudo num cenário em que ainda há pessoas que vivem para defender e relativizar crimes tão desumanos, menosprezando a dor irreparável de inocentes. Neste caso, culpar a vítima tornou-se válido”, completou Bolsonaro.

O chefe do Executivo lamentou ainda que a legislação brasileira não permite prisão perpétua, e afirmou que “é longo o caminho” que o governo deve seguir para enfrentar a situação.

Infelizmente, nossa Constituição sequer permite prisão perpétua, por exemplo. Continuaremos fazendo o que estiver ao nosso alcance para seguir avançando. É nosso dever impedir que cenas como essa sejam normalizadas. No que depender de mim, essa corja não terá um dia de paz”, concluiu.

 

Tags: #bolsonaro, #morte, #repercussao

Comentários