Facebook suspende perfil de Eduardo Bolsonaro após deputado publicar referências a Hitler

O perfil do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL) foi suspenso pelo Facebook por pelo menos 30 dias. O filho do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) foi à Justiça do Distrito Federal para tentar reaver o controle total de sua conta na rede social. A informação foi divulgada nesta terça-feira (20/7), pelo colunista Ancelmo Gois, do jornal “O Globo”

A decisão da plataforma foi tomada após o deputado federal citar frases atribuídas a Adolf Hitler na rede. Eduardo, no entanto, alega que não teve oportunidade de se defender antes de ter o perfil suspenso. Com isso, desde o dia 14 de julho ele não pode publicar nada e nem mesmo responder a outros usuários da rede.

Essa não é a primeira vez que Eduardo Bolsonaro é punido pelo Facebook. Em junho, ele chegou a ficar sete dias sem poder usar a conta depois de publicar um vídeo de Jair Bolsonaro dizendo que metade das mortes registradas como ocorridas por Covid-19 no Brasil na verdade não tinham ocorrido por causa da doença.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 + 9 =