Prefeitura de Paulo Afonso segue decreto do Estado e volta a proibir eventos, exceto os científicos e profissionais; entenda

O governador Rui Costa, em transmissão virtual nesta quarta-feira (14), suspendeu o decreto que liberava a realização de eventos até 50 pessoas. Durante a live, ele enfatizou que está liberado apenas as atividades de cunho científico e profissional.

Com a mudança, a Prefeitura de Paulo Afonso segue a nova medida, suspendendo também as atividades tais como: eventos desportivos, religiosos, cerimônias de casamento, feiras, circos, solenidades de formatura, passeatas e afins, bem como aulas em academias de dança e ginástica. Sendo assim, com a atual regra em vigor, o governo do estado somente autoriza a realização de eventos científicos ou profissionais, com essa limitação de 50 convidados.

O documento prevê ainda o toque de recolher e a proibição da venda de bebidas alcoólicas de 16 a 19 de abril.

A Prefeitura de Paulo Afonso segue as medidas, que tem os principais pontos:

– Funcionamento do comércio das 9h às 18h, de segunda a sexta, e aos sábados de 8h às 14h;

– Funcionamento presencial de bares e restaurantes e congêneres das 9h às 19h, após esse horário delivery até 24h;

– Vedada a venda de bebida alcoólica em quaisquer estabelecimentos, inclusive por sistema de entrega em domicílio (delivery), das 18h de 16 de abril até às 05h de 19 de abril;

– Funcionamento de supermercados, padarias, hortifrútis, frigoríficos e afins de 6h às 19h30, de segunda a sábado, e domingo das 6h às 18h;

– Funcionamento de academia com 50% da capacidade, obedecendo as normas de higiene e distanciamento;

– Os atos religiosos litúrgicos poderão ocorrer, com limitação da ocupação ao máximo de 25% (vinte e cinco por cento) da capacidade do local, além das medidas sanitárias;

– Toque de recolher das 20h às 5h.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × quatro =