‘Quem quiser toma’, diz Rui Costa após ser questionado sobre obrigatoriedade da vacina contra Covid-19

Governador da Bahia, Rui Costa (PT) -Créditos: Reprodução/Redes sociais

O governador da Bahia, Rui Costa, falou na manhã desta quarta-feira (17), sobre a vacinação contra a Covid-19 quando perguntado por uma telespectadora sobre a obrigatoriedade da imunização. A conversa ocorreu durante o programa Papo Correria, encontro virtual em que o Rui Costa responde a perguntas da população em uma transmissão online.

De forma irônica, ele disse que quem quiser toma, quem não quiser não toma” e falou que eventualmente a pessoa que preferir não tomar a vacina deve “solicitar um parente que faça algum plano para que seja atendida ou seja sepultada.

Sônia [nome da telespectadora], a vacina não é obrigatória, a vacina é voluntária, quem quiser toma, quem não quiser não toma. O que pode acontecer é eventualmente você solicitar um parente que faça algum plano para que você seja atendida ou seja sepultada“, disse o governador.

Rui Costa também afirmou que a pessoa que preferir não tomar a vacina pode escolher o local onde será enterrada, já que as complicações da Covid-19 podem levar o indivíduo a morte.

Se você quer ser sepultada no chão ou naquelas gavetas, você pode ir escolhendo desde já aonde eventualmente você quer ser sepultada, se você não tomar vacina, porque muitos vão morrer“.

Aqueles que não tomarem vacina estão assumindo o risco eventualmente da morte, então quem não tem medo de morrer já pode ir escolhendo se quer ser enterrado no chão, na gaveta, qual cemitério, já pode combinar com um parente, pode ir combinando para onde deve ser encaminhado, caso venha a óbito”, continuou.

Durante o Papo Correria, o governador também anunciou uma linha de créditos para microempreendedores e o adiamento do recolhimento do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS).

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

16 − 2 =