Gastos do governo da Bahia com a pandemia da Covid-19 somaram mais de R$ 1,8 bilhão em 2020

Secretário da Fazenda de Bahia, Manoel Vitório -Créditos: TV Bahia

Os gastos do governo da Bahia com a pandemia da Covid-19 somaram R$ 1,85 bilhão só no ano de 2020. Já a prefeitura de Salvador tem o custo de R$ 60 milhões com medidas para enfrentar a doença. Os gastos devem aumentar com a abertura de novos leitos e contratação de pessoal.

O dinheiro investido no combate à doença inclui auxílios emergenciais, montagem de leitos, abertura de hospitais de campanha, contratação de equipes, estrutura para vacinação, entre outros.

De R$ 1,85 bilhão desembolsado pelo governo do estado, R$ 1,5 bilhão foi referente a montagem de leitos, equipes de profissionais e medicamentos. Os outros R$ 350 milhões foram gastos com cestas básicas para estudantes e centro de acolhimento.

Os grandes valores gastos estão ocorrendo durante um período em que a arrecadação pública diminuiu. O secretário da Fazenda de Bahia, Manoel Vitório, explica que não há como prever quando a situação da arrecadação irá melhorar.

Essa é uma crise sanitária, onde a economia é um desdobramento. Fica muito difícil fazer uma previsão, já que não temos certeza de quando essa segunda onda vai passar, até porque o processo de vacinação está acontecendo muito aquém do desejado“, disse.

Já em Salvador, os R$ 60 milhões gastos mensalmente são divididos da seguinte forma: R$ 26 milhões com leitos (saúde e vacinação), R$ 14 milhões com transporte urbano, R$ 7 milhões com cestas básicas, R$ 6 milhões com assistência social (auxílios, por exemplo) e R$ 8 milhões em operações da Guarda Civil, campanhas publicitárias e outros gastos.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × um =