Bahia: Caminhoneiro embriagado provoca acidente, foge do local sem prestar socorro e acaba preso na BR- 110

Acidente envolvia um caminhão de carga e um veículo Hyundai Creta/crédito: PRF

Uma conduta imprudente no trânsito, provocada intencionalmente por um profissional do volante, quase terminou em tragédia no último domingo (14). A ação foi registrada no Km 200 da BR- 110, trecho do município de Ribeira do Amparo, distante 275 quilômetros da capital baiana.

Era por volta das 12h30min, quando uma equipe da PRF tomou conhecimento de um acidente de trânsito ocorrido na rodovia.

Prontamente, os policiais diligenciaram e chegando ao local, verificaram que o acidente envolvia um caminhão de carga e um veículo Hyundai Creta.

Após receber auxílio dos PRFs, o condutor do Creta relatou que transitava na rodovia com destino a cidade de Alagoinhas (BA), quando percebeu o motorista de um caminhão efetuar manobras perigosas na pista.

Ele disse ainda que o caminhoneiro praticamente ‘colou’ na traseira do automóvel, momento em que pediu ao seu filho, que estava como carona, para filmar as condutas imprudentes daquele motorista. Em seguida, o caminhoneiro ‘tomou’ a faixa contrária e intencionalmente colidiu na lateral do Creta.

Com o impacto o carro foi ‘jogado’ para fora da pista de rolamento. Apesar do susto, ninguém se feriu.

O caminhoneiro evadiu-se do local, deixando de prestar socorro. Uma guarnição da Polícia Militar (PMBA) foi acionada e conseguiu interceptar o caminhão uns 30 quilômetros depois já na cidade de Cipó.

A PRF  fez o teste do etilômetro no motorista da Volvo, sendo registrado o valor de 0,36 mg de álcool por litro de ar alveolar. O resultado no ‘bafômetro’ supera o limite que configura a conduta como crime.

O infrator, um homem de 55 anos que reside em São José do Rio Preto (SP), foi preso por embriaguez ao volante e encaminhado à Delegacia de Polícia Civil e apresentado à autoridade policial de plantão para lavratura do flagrante e demais procedimentos cabíveis.

Além de detenção por crime de trânsito, a multa por alcoolemia gera 7 pontos na CNH e custa R$ 2.934,70, valor que é duplicado em caso de reincidência. Ademais, ocorre a penalidade administrativa que suspende ou proíbe o motorista de obter a habilitação ou permissão para dirigir veículo automotor por um período de 12 meses.

Em 2020, a PRF na Bahia retirou de circulação 1.921 condutores dirigindo alcoolizados nas estradas que cortam o estado; 184 pessoas foram presas  por apresentar índice no ‘bafômetro’ considerado como crime.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezessete + cinco =