“Tem presidente em Brasília?”, questiona Moro sobre vacinação

Sérgio Moro - Créditos: Redes sociais

O ex-ministro da Justiça Sérgio Moro cobrou o início da vacinação contra a covid-19 no Brasil. Por meio do Twitter, ele criticou a demora do presidente Jair Bolsonaro em se articular com a fabricantes dos imunizantes ao redor do mundo para que o país possa comprar doses.

Até o momento, das quatro vacinas ofertadas em mais de 30 países, nenhuma firmou contrato com o governo federal para o fornecimento de doses. No entanto, a CoronaVac, desenvolvida pelo Instituto Butantan, com a empresa chinesa SinoVac, já vendeu e está enviando doses para o governo de São Paulo.

Moro lembrou que nações da América Latina, como Chile e Argentina, além de países de outros continentes, já estão comprando o imunizante. “Vários países, inclusive da América Latina, já estão vacinando seus nacionais contra a COVID-19. Onde está a vacina para os brasileiros? Tem previsão? Tem Presidente em Brasília? Quantas vítimas temos que ter para o Governo abandonar o seu negacionismo?“, escreveu o ex-ministro.

Mais cedo, o presidente Jair Bolsonaro afirmou, pelas redes sociais, que os laboratórios que desenvolvem e comercializam a vacina é quem devem procurar a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), para disponibilizar as doses.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezessete − dezesseis =