Bandeira amarela: conta de luz ficará mais barata em janeiro

Imagem ilustrativa -Créditos: Internet

A Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) anunciou que a bandeira tarifária, atualmente vermelha, para janeiro de 2021 será amarela, ou seja, as contas de luz ficarão mais baratas no primeiro mês do ano que vem, ao custo de R$ 1,343 a cada 100kwh.

Hoje, com a bandeira vermelha vigente, correspondente à maior tarifa extra praticada pelo órgão regulador, o custo da conta de luz fica mais caro em R$ 6,243 para cada 100 quilowatts-hora consumidos. Ou seja, os lares brasileiros que utilizam, em média, 200 kWh de energia por mês terão que desembolsar cerca de R$ 12,50 a mais para quitar a conta de luz de dezembro, se mantiverem o mesmo consumo habitual.

Isso porque estão previstas chuvas nas regiões dos principais reservatórios de água que contribuem para a geração de energia do SIN (Sistema Interligado Nacional).

A previsão hidrológica para janeiro do ano que vem sinaliza elevação das vazões afluentes aos principais reservatórios do SIN, cenário que levou ao incremento no patamar da produção hidrelétrica, com a consequente redução nos custos relacionados ao risco hidrológico (GSF), e no preço da energia (PLD) em relação ao mês passado“, afirmou a Aneel em comunicado.

O PLD e o GSF são as duas variáveis determinantes para a cor da bandeira a ser acionada.​

O sistema de bandeiras tarifárias sinaliza o custo real da energia gerada. As cores verde, amarela ou vermelha (nos patamares 1 e 2) indicam se a energia custará mais ou menos em função das condições de geração. O objetivo é induzir o consumidor a fazer uso da energia elétrica de forma mais consciente, evitando desperdícios.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

vinte − dezenove =