Testes da fase três da vacina russa Sputnik devem acontecer na Bahia

Vacina Russa -Créditos: Reprodução/Redes Sociais

O comitê da vacina russa Sputnik V convidou o Instituto Couto Maia, em Salvador, para participar dos testes da fase 3 do imunizante contra o coronavírus, que devem acontecer na Bahia. A informação foi divulgada hoje (15) pela médica Ceuci Nunes, em entrevista à TV Bahia.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) exige que os testes de qualquer vacina sejam feitos nos brasileiros antes da aprovação. Isso acontece porque, como explica Ceuci, “tem as questões genéricas, de diferenças de população” a serem avaliadas.

A especialista informa que os protocolos para iniciar os testes no estado ainda devem ser apresentados hoje (15) para definir, além de outras coisas, a data de início da testagem. Ela informa que o plano inicial prevê testar mil pessoas, com 500 vacinas e 500 placebos, mas é possível que essas informações mudem após a reunião.

O Instituto é considerado “um dos mais bem estruturados do Brasil”, afirma a médica. Nele, há o Centro de Referência para Imunobiológicos Especiais (CRIE/Ufba).

O governo da Bahia fez um acordo com o governo da Rússia em setembro, que estabeleceu o envio de todas as informações científicas da vacina Sputnik V para a Fundação Baiana de Pesquisa Científica e Desenvolvimento Tecnológico (Bahiafarma).

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

15 − 9 =