Prefeito eleito de Salvador, Bruno Reis indica 12 e 13 de julho como possíveis datas para Carnaval em 2021

Carnaval/crédito: arquivo Bahia Notícias

O prefeito eleito de Salvador, Bruno Reis (DEM), revelou que a prefeitura possui o intuito de realizar o Carnaval do ano que vem entre os dias 12 e 13 de julho. A informação foi divulgada em entrevista realizada na manhã de sexta-feira (11), numa live realizada à revista IstoÉ.

“Qual é o desejo se houver condições sanitárias? É em julho, aproveitando o feriado em São Paulo de 9 de julho, fazer um feriado nacional nos dias 12 e 13 de julho, para que a gente possa transferir o Carnaval para este período”, explicou.

Ele reforçou que o planejamento é fazer uma articulação com São Paulo e Rio de Janeiro para realizar a festa em conjunto. Segundo o democrata, o prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PSD), também demonstrou interesse em participar do acerto ao lado das “principais cidades do Brasil”.

De acordo com Bruno, um deputado federal do Rio de Janeiro o procurou para sugerir à Câmara um projeto para definir a primeira semana de julho de 2021 como feriado nacional, a fim de fomentar uma semana de festas.

O futuro gestor soteropolitano – atual vice-prefeito – não divulgou o nome do parlamentar. Contudo, no portal da Câmara há um projeto do deputado Luiz Antônio Teixeira Jr. (PP-RJ) com esta temática. “Já há, inclusive, um projeto tramitando na Câmara dos Deputados de auditoria de um deputado do Rio de janeiro que me consultou. Inicialmente ele queria fazer o feriado no início de julho, 6 ou 7, e sugerimos que usássemos para 11 ou 12”, explicou.

Bruno, contudo, ressalta que esta não é uma data fechada, mas um horizonte sinalizado pelas entidades carnavalescas e prefeituras. “Como não temos segurança se até o meio do ano teremos toda a população brasileira imunizada, não dá para falar em data ainda. Mas o Carnaval foi suspenso em fevereiro e o nosso desejo é realizar no segundo semestre de 2021, mas não deixar em hipótese alguma de fazer o Carnaval, que é muito importante, principalmente aqui para a economia da nossa cidade”, disse.

Por conta da pandemia da Covid-19, a folia momesca foi suspensa de maneira oficial no final do último mês pelo prefeito ACM Neto (DEM)

 

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 × quatro =