Senadores baianos acenam para China sobre CoronaVac: ‘Não interessa a cor da vacina’

Embalagem da Coronavac -Créditos: Divulgação

Os senadores Jaques Wagner (PT) e Otto Alencar (PSD) aproveitaram os seus discursos durante a assinatura do contrato da Ponte Salvador-Itaparica na manhã desta quinta-feira (12) para selar votos com a China a respeito da CoronaVac, vacina contra o novo coronavírus desenvolvida em uma parceria do Instituto Butantan.

“Talvez a gente possa se inspirar em uma frase de um grande líder chinês responsável por esse grande salto do desenvolvimento: ‘Não interessa a cor do gato, interessa que ele cace o rato’. Me solidarizo com o povo chinês e com a ciência que vem lutando arduamente pela vacina que nos dará a tranquilidade”, disse o ex-governador baiano.

“Infelizmente, membros do Governo Federal confundem a disputa política legítima com o obscurantismo daqueles que querem negar a ciência. Não interessa a cor da vacina, interessa que ela imunize o povo baiano”, ressaltou.

Presidente do PSD na Bahia, o senador Otto Alencar também fez acenos a China. “O coronavírus aconteceu na China, mas poderia ter acontecido em qualquer lugar do mundo”, pontuou.

“Eu acredito no trabalho e na ciência chinesa. Eu defendo a CoronaVac. A imunização é o único caminho para se evitar uma doença tão grave”, continuou.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 × 1 =