Farsa descoberta em Jeremoabo! Eleitores eram positivados em teste da COVID-19 para impedir que votassem nas eleições 2020

Eleitores com exames em mãos após realização de teste que deu negativo

Em Jeremoabo políticos são suspeitos de se aproveitar da situação de pandemia para tirar proveito eleitoral e se beneficiar  em cima da pior crise de saúde da história.

Nesta quinta-feira(05), estourou o escândalo da tentativa de funcionários da Secretaria de Saúde do Município tentar impedir eleitores do 55 de irem  as urnas em 15 de novembro. Uma equipe da vigilância sanitária esteve no Bairro Nossa Senhora de Brotas e onde haviam casas com adesivos do 55,  eles entravam e submetiam as pessoas a testes da COVID 19, sem que qualquer pessoa apresentasse qualquer sintoma ou houvesse solicitado a presença daqueles profissionais na residência. Para estas pessoas o resultado do exame era positivo.

A farsa criminosa da Secretaria de Saúde, foi detectada nesta quinta-feira. Desconfiados, populares se dirigiram ao Laboratório LAMES, onde  foi constatado que nenhum dos diagnosticados com a suposta COVID-19 era positivo. Ou seja, tudo para afastar os eleitores do 55 das urnas. A orientação era de que eles seriam monitorados por 14 dias e precisavam ficar em casa de quarentena. Logo, todas estas pessoas estariam automaticamente impossibilitadas de irem exercer o direito do voto no dia 15.

Nesta sexta-feira (6) as vítimas irão em bloco a delegacia de polícia para prestar queixa. A SAEB – Secretaria de Saúde do Estado, será igualmente notificada. O laboratório LAMES também deverá notificar a secretaria de saúde do município, além da SAEB, que de forma conjunta deverão adotar todas as medidas jurídicas cabíveis não só em relação a campanha quanto a cada cidadão que se viu enganado.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × cinco =