Novo programa social deve ter R$ 25 bilhões a mais que o Bolsa Família

O Renda Cidadã, novo programa social do governo, estará dentro da proposta de emenda à Constituição (PEC) emergencial e terá pelo menos R$ 25 bilhões a mais que o Bolsa Família. Mesmo assim, o valor a ser pago a cada benefício individual não deve chegar a R$ 300. A informação é do blog de Gerson Camarotti, do G1.

“O valor [do benefício individual] ficará mais baixo. Ficará entre R$ 200 e R$ 300 neste primeiro momento. Para isso, tivemos que encontrar uma nova solução orçamentária. Mas não vamos furar o teto. Nesse debate, chegou a ser pensada numa solução extra-teto. Porém, não era ideal e a equipe econômica encontrou uma solução”, disse o relator da PEC emergencial, senador Márcio Bittar (MDB-AC).

Segundo ele, para financiar o novo programa, o governo não vai furar o teto de gastos, que prevê que as despesas da União de um ano para o outro cresçam somente na mesma taxa da inflação.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

20 − dezesseis =

Veja também