Segunda fase da operação Pandemonium cumpre mandados em sede de empresa em Novo Triunfo-BA

Gaeco/crédito: G1 SE

Foi deflagrada na manhã desta quinta-feira (24) a segunda fase da Operação Pandemonium, que investiga desvios e fraudes em contratações com recursos públicos destinados ao combate do novo coronavírus pela Prefeitura de Carmópolis. A ação está cumprindo mandados de busca e apreensão em Novo Triunfo (BA), onde fica localizada uma das empresas contratadas.

As investigações são do Grupo Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco), do Ministério Público do Estado de Sergipe (MP-SE) e conta com o apoio operacional, Gaeco do MP da Bahia, além da Secretaria de Segurança Pública do estado.

A reportagem entrou em contato com a assessoria de comunicação da prefeitura, mas não obteve resposta até a última atualização desta reportagem.

Em agosto, quando ocorreu a primeira fase da operação, foi determinado o afastamento do prefeito de Carmópolis Alberto Narcizo da Cruz Neto, conhecido como Beto Caju (Solidariedade), além de um secretário da cidade. A cidade também é alvo da Polícia Federal, que investiga o desvio de 2,3 milhões do Sistema Único de Saúde (SUS) em nove procedimentos de dispensa de licitação durante a pandemia.

Segundo o MP-SE, após o cumprimento dos primeiros mandados de buscas, foram apurados novos indícios de crimes contra a administração pública, pela mesma organização criminosa, voltada ao desvio de recursos da saúde. Com base nesses indícios, foram deferidos novos mandados pelo Tribunal de Justiça de Sergipe, em endereços residenciais e empresariais.

 

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × 2 =

Veja também