Em nota Prefeitura de Jeremoabo crítica boletins da COVID-19 fornecidos pela Secretaria de Saúde do Estado da Bahia

Em uma nota divulgada hoje (01/07) a Prefeitura de Jeremoabo criticou a Secretária de Saúde do Estado da Bahia (SESAB), por divulgar informações distorcidas sobre os casos da COVID-19 nos municípios baianos:

“Para demonstrar ainda, que o Boletim SESAB tem diversas desconformidades com a realidade de cada município, informamos aqui, por exemplo, que os dados da cidade de CAMPO FORMOSO no Boletim SESAB aparecem com 75 casos, já o boletim OFICIAL DA CIDADE DE CAMPO FORMOSO registrava 95 casos confirmados, por tanto, no Boletim SESAB constavam 25 casos a MENOS! diz um dos trechos do nota.

Sem explicar o porquê da divergência entre as informações da SESAB e da Secretária de Saude de Jeremoabo, a Prefeitura ainda criticou os site e blogs que publicam os Boletins fornecidos pela Secretaria de Saúde do Governo do Estado da Bahia dizendo quem eles  querem causar pânico a população e que as informações fornecidas pela SESAB são distorcidas:

“A Prefeitura de Jeremoabo, repudia veementemente pequenos blogs da região, que buscam confundir a população, questionando a veracidade e transparência das informações fornecidas a todos… Em algumas matérias, destacam que no Boletim SESAB, do dia 27/06, haveria, em Jeremoabo, 2 casos a mais do que no nosso Boletim Oficial na mesma data…Ocorre aqui, ou falta de profissionalismo destes blogs ao não investigar os números como um todo ou simplesmente trata-se de uma ação inescrupulosa, visando criar pânico e confundir a população de Jeremoabo, haja vista que estes pequenos blogs não são desta cidade e os que daqui informam tais dados, copiam essas informações distorcidas, diz outro trecho da nota“.

Em nome da transparência, esperamos que a Prefeitura de Jeremoabo possa informar o motivo da divergência entre os dados da Secretaria de Saúde do Estado da Bahia e os fornecidos pela pela Secretária Municipal de Saúde, ao invés de simplesmente atacar a imprensa por divulgar informações oficiais do Governo do Estado.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 × 2 =