Bahia tem 506 novos casos e passa de 18,8 mil registros de Covid-19; n° de mortes sobe para 701

A Bahia registrou 506 novos casos de pacientes infectados pelo coronavírus nas últimas 24 horas, segundo o boletim divulgado pela Secretaria de Saúde (Sesab) no início da noite desta segunda-feira (1°).

Com a atualização dos dados, a Bahia totaliza 18.898 casos confirmados, o que representa 16,07% do total de notificações no estado. Do total de pacientes infectados, 6.701 estão recuperados e 701 morreram.

De acordo com a Sesab, 34 óbitos foram contabilizados no boletim epidemiológico desta segunda, e eles são refentes a um período de 28 dias, conforme observado nos perfis detalhados. Ou seja, não ocorreram em 24 horas, conforme explica a secretaria.

Segundo a Sesab, as notificações tardias estão sendo apuradas pela Auditoria do Sistema Único de Saúde (SUS) e pela Corregedoria.

Ainda no boletim epidemiológico, a Sesab aponta que 11.496 pessoas permanecem monitoradas pela vigilância epidemiológica e com sintomas da Covid-19, o que são chamados de casos ativos. Na Bahia, 2.764 profissionais da saúde testaram positivo para a doença.

Os casos confirmados ocorreram em 302 municípios do estado, com maior proporção em Salvador, com 61,32%. Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 1.000.000 habitantes são Uruçuca (5.653,30), Ipiaú (4.294,47), Itabuna (4.192,79), Salvador (3.979,67) e Itajuípe (3.855,35).

O boletim epidemiológico ainda registra 41.442 casos descartados e 117.625 notificações em toda a Bahia. Os dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17h30 desta segunda-feira.

Taxa de ocupação

Ainda no boletim desta segunda, a Sesab informou que, dos 1.803 leitos disponíveis através do Sistema Único de Saúde (SUS) exclusivos para coronavírus, 1.017 possuem pacientes internados, o que representa uma taxa de ocupação de 56%.

Com relação aos leitos de UTI adulto e pediátrico, dos 791 exclusivos para o coronavírus, 534 possuem pacientes internados, o que corresponde a uma taxa de ocupação de 68%.

A pasta ressaltou que o número de leitos é flutuante, representando o quantitativo exato de vagas disponíveis no dia. Intercorrências com equipamentos, rede de gases ou equipes incompletas, por exemplo, inviabilizam a disponibilidade do leito.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × um =