Com afastamento de Celso Luiz, município de Canapi está sem prefeito

Após o afastamento do prefeito de Canapi, Celso Luiz, por determinação judicial, o Município deveria ser comandado pelo vice-prefeito, Genaldo Soares Vieira, o que não aconteceu porque o gestor não foi localizado e a presidência da Câmara dos Vereadores diz que não foi notificada pela Justiça.

De acordo com o presidente da Câmara, Luciano Malta, a cidade está sem prefeito para conduzir os rumos da cidade. "Por enquanto, estamos sem um gestor e o vice não foi nem localizado. Também não recebemos nada", disse Malta.

Por sua vez, a assessoria de comunicação do Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ/AL) informou por telefone, à Gazetaweb, que a Comarca de Mata Grande designou um oficial de Justiça ao município de Canapi, mas a notificação não foi entregue.

O vice-prefeito vem sendo procurado há algum tempo, pela Justiça, sob acusação de ser o mandante do assassinato da ex-esposa, Josielma Alves, de 39 anos. O inquérito policial aberto para investigar o homicídio mostra que, no dia 9 de abril de 2015, Josielma Alves foi atingida por disparos de arma de fogo no pescoço.

A delegacia da Mulher divulgou, à época, que o motivo do assassinato foi a separação do casal e a disputa pela divisão dos bens. Portanto, está nas mãos do juiz Adriano de Lemos Moura, titular da 1ª Vara Criminal da Comarca de Paulo Afonso, na Bahia, o processo de julgamento de Genaldo Soares Vieira para despacho e decisão.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

15 − dois =