Prefeito de Pariconha, Alagoas, será investigado por desvio de recursos

O Ministério Público de Alagoas (MP-AL) instaurou um procedimento preparatório para investigar o prefeito do município de Pariconha, Fabiano Ribeiro de Santana (PP), por denúncias de desvio de recursos em proveito próprio. A portaria foi divulgada nesta quinta-feira (21), no Diário Oficial do Estado (DOE).

A publicação informa que os documentos oferecidos para a instauração do procedimento dão conta de atos de improbidade previstos por Lei. Segundo o DOE, supostos desvios se deram através de funcionários “fantasmas”.

A reportagem do G1 tentou entrar em contato com o prefeito através de telefonemas, mas as ligações não foram atendidas.

Foi considerada a necessidade de se colher informações sobre o quadro de pessoal da prefeitura, assim como o pagamento de empregados temporários e dos prestadores de serviço e comissionados. Segundo o DOE, serão feitas inspeções, audiências e outros procedimentos relacionados com a investigação.

Ainda de acordo com a portaria, o procedimento deverá ser concluído no prazo de 90 dias, e tem o objetivo de apurar a improbidade administrativa para a instauração de Inquérito Civil Público.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quinze + 11 =