Governador supera diferenças políticas em defesa dos interesses da Bahia

A luta por um tratamento equilibrado para os estados nordestinos e a articulação na defesa dos interesses da Bahia junto ao governo federal indicam a capacidade e a liderança que o governador Rui Costa vem demonstrando nas negociações com a União, mesmo com um governo de oposição.

As reuniões realizadas na quinta-feira (09), em Brasília, primeiro com o ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, e depois, como um dos porta-vozes dos demais governadores do Nordeste no encontro com o ministro da Fazenda, Henrique Meireles, mostram a capacidade de liderança de Rui.

 Ele mostra que tem bom trânsito e uma performance segura nas tratativas mantidas na esfera federal, ainda que com um governo de oposição. Como gestor, Rui dá lições de democracia, ao negociar sem empecilhos com correntes de pensamento contrários à sua ideologia, superando barreiras políticas em prol dos interesses dos baianos. No Ministério da Integração Nacional, Rui conseguiu a liberação de R$ 3 milhões para o projeto estruturante Baixio de Irecê entrar em funcionamento a partir de janeiro de 2017.

A Meireles, da Fazenda, Rui mostrou a necessidade de haver um equilíbrio no tratamento dispensado aos estados do Nordeste, considerando as diferenças regionais, e defendeu uma renegociação das dívidas dos estados nordestinos diferenciada daquela proposta para os estados do Sul e Sudeste. Meireles se comprometeu a analisar a proposta.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × 1 =