Geddel Vieira Lima defende fim da EBC: “Virou cabide de emprego”

Michel Temer (PMDB), presidente em exercício, pediu estudos sobre a Empresa Brasil de Comunicação (EBC) e a proposta de extinção da mesma ganhou força entre aliados do peemedebista. Um deles é o ministro da Secretaria de Governo, Geddel Vieira Lima (PMDB).

Em entrevista ao jornal O Globo, ele disse que a EBC se transformou em um “cabide de emprego” e “foco de militância”. Além disso, Geddel afirmou que defendeu o fim da EBC em conversa com o próprio Temer.

“Essa é uma visão pessoal e não de governo. Mas fico feliz que outros estejam concordando. A EBC é um símbolo de um governo ineficiente, do aparelhamento da gestão, de autopromoção. Não pode ser canal de autopromoção. O que for informativo e não autopromocional, se mantém. Para fazer propaganda, temos contratos com agências para fazer publicidade, que é outra coisa”, disse o baiano.

Geddel acrescenta que é possível se discutir alternativas à extinção, como por exemplo vínculos com TVs Educativas, inclusive com repasse de equipamentos modernos e aproveitamento de todos os concursados. “E demitir os cargos de confiança”, completou.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quinze + 4 =