Deputada baiana justifica ausência e diz que vai votar parecer sobre Eduardo Cunha

A deputada federal Tia Eron (PRB-BA) garantiu através das redes sociais que vai votar o parecer que pede a cassação do presidente afastado da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ).  Ela justificou sua ausência na sessão do Conselho de Ética desta terça-feira (7) alegando que estavam acontecendo apenas discussões e disse que apresentaria seu voto caso a votação acontecesse hoje. "Estou em Brasília, a postos para cumprir com minha obrigação no Conselho de Ética e, caso a sessão de hoje fosse para votação, teria apresentado meu voto", escreveu.

 A ausência de Tia Eron na sessão do Conselho de Ética provocou protestos de parlamentares na Câmara. Caso a deputada baiana não vote ou vote contra o parecer do relator Marcos Rogério (DEM-RO), a tendência é que o pedido de cassação de Cunha por mentir na CPI da Petrobras seja rejeitado no Conselho de Ética.

A votação do parecer foi adiada após o pedido de Rogério para ter mais tempo para analisar o voto em separado apresentado pelo deputado João Carlos Bacelar (PR-BA), que sugere suspensão de três meses para Cunha.

Reprodução Facebook

 

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × dois =