Paulo Afonso: Novatos se articulam para serem ‘a cara da renovação’ nas eleições 2016

As eleições municipais deste ano prometem, e tendem a ser uma chance única para que surpresas consigam êxito, na disputa por cadeiras legislativas na Câmara Municipal. Com a população indignada, por conta dos escândalos que a política viveu em 2016, e a morosidade de alguns parlamentares, abre-se um espaço maior para principiantes, ou candidatos que já concorreram em outros pleitos, mas ficaram longe do sucesso. Como trunfo, os que anseiam chegar ao poder apostam uma arma para seduzir o eleitor, que é a de se responsabilizar por uma causa.

Um dos novos pre candidatos, o advogado e professor Jean Robert (PTB), alimenta o sonho e tem feito até visitas regulares na Câmara Municipal para ver como funciona a Casa de Leis. “Não pretendo porém ter como foco na minha campanha somente a renovação, pois precisamos de vereadores que busquem melhorias para a cidade, e que respeitem o resultado das urnas. O povo quer vereadores que fiscalizem o Poder Executivo com altivez e isonomia, não buscando troca de favores ou o favorecimento pessoal. Sou contra o fazer por fazer, como muitas audiências públicas acontecem para se discutir o pelo do ovo. Trabalhar pelo bem coletivo é algo sério”, diz o professor e advogado, Jean Roubert (PTB).

Fora os tradicionais concorrentes que vão disputar vaga no Parlamento, ainda restam alguma esperança se forem oficializadas as candidaturas dos advogados Jean Roubert e Lúcio Flávio, do ex secretário de Turismo e professor Jacques Fernandes, do ex prefeito Zé Ivaldo, e Antonio Almeida Júnior.

O militante e ex coordenador do Bolsa Família, Leco, irmão do secretário de Saúde, Alexei Vinícius é mais um que se coloca como alternativa de inovação na política de Paulo Afonso e aposta na continuidade do que já vem atuando. Político deve ter programa de atuação e propor uma organização para um determinado setor, que ele mesmo seja um instrumento de fiscalização”, conta Leco que pretende sair candidato à vereador pela primeira vez em 2016. 

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

12 − nove =