Presidente do PT em Paulo Afonso pontua que Temer é ilegítimo

 

Militantes que compõem o Partido dos Trabalhadores (PT) e aliados em Paulo Afonso, comentaram na tarde desta quinta-feira, 12, sobre o afastamento da presidente Dilma do cargo pelo período de 180 dias. O ato foi aprovado na última quarta-feira, 11, pelo Senado da República.

O presidente do PT local, Adauto Alves, lamentou o ocorrido e pontuou que o Brasil passa a ter um presidente ilegítimo. “Nesse momento em que nossa jovem democracia é colocada à prova, manifesto minha indignação com esta eleição indireta e com os rumos que o país vai tomar daqui para frente. A partir de hoje assume um presidente que não representa a vontade dos 54,5 milhões de eleitores que elegeram Dilma Rousseff para a presidência do Brasil”. O Brasil e a democracia não merecem tamanha farsa. Lamentável o que os senadores deste país fizeram. Querem revogar direitos e cortar programas sociais como o Bolsa Família e o Minha Casa Minha Vida, ameaçam até a educação pública. Isso é o que vai acontecer com essa nova gestão”.

O vice presidente da Câmara de Paulo Afonso, Bero do jardim Bahia também comentou sobre a decisão do Senado. Para ele, “o golpe arquitetado pela oposição venceu a honestidade”. O líder do prefeito na Câmara Municipal de Paulo Afonso, Marconi Daniel (PHS)  frisou que enquanto Dilma Rousseff trabalhava em favor do país, os oposicionistas arquitetavam a rasteira. “A denúncia contra a presidente não passa de uma fraude. A maior fraude jurídica e política da história de nosso país”. O vereador Zezinho do INPS (PTN), destacou que o substituto de Dilma poderá acabar com os programas sociais adotados por ela.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

12 + dois =