Bahia: Justiça Eleitoral e MPF começam a cercar os candidatos fichas-sujas

O Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) e o Ministério Público Federal (MPF) intensificaram as ações para combater a corrupção eleitoral no estado. Autoridades de ambos os órgãos oficiaram cinco órgãos públicos da Bahia, entre eles, os Tribunais de Contas do Estado e dos Municípios, com o objetivo de solicitar informações dos candidatos que estão com a ficha-suja, para inserir os dados dos inelegíveis SisConta Eleitoral. 

O SisConta é um sistema que compila dados sobre condenações e sanções, impedindo políticos de se candidatarem segundo os critérios de elegibilidade, previstos na Lei da Ficha Limpa.

O “TRE-BA Notícias” acompanhou todas as visitas e conversou com o Corregedor Regional Eleitoral em exercício, Marcelo Junqueira Ayres Filho, além do Procurador Regional Eleitoral, Ruy Nestor Bastos Mello, que relembra a efetividade do cadastro para ajuizar impugnações. 

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

sete + 6 =