PM é presa por matar ex-marido, também policial, após encontrá-lo com outra mulher

Por Chico Sabe Tudo 13/06/2022

Uma policial militar foi presa em flagrante por matar o ex-marido, também PM, após encontrá-lo com outra mulher, em Bom Jesus do Itabapoana, no Norte Fluminense. Após o crime, a cabo Kelly Monique Lopes Caraline de Almeida ainda tentou despistar a polícia. O crime aconteceu na última sexta-feira (10).

Aos agentes que chegaram à cena do crime, ela afirmou que seu ex-companheiro, o subtenente Fábio da Rocha Corrêa, havia sido morto por tiros disparados por “homens encapuzados” que haviam passado pelo local num carro. Em depoimento, a atual namorada do PM, que testemunhou toda a cena, revelou que a autora dos disparos havia sido a ex-mulher, que foi presa em flagrante.

A namorada da vítima afirmou que os dois estavam juntos, retirando malas de dentro do carro, na frente da casa dele, quando ouviu uma mulher chamando no portão. Corrêa disse que era sua ex-companheira e que não queria atender. No entanto, ele foi até o portão e perguntou o que Kelly queria. A cabo pediu que Corrêa abrisse o portão, o que ele se negou a fazer, “pois não tinha nada para conversar com ela”, segundo disse a testemunha. Kelly disse, então, que ele teria um grande problema. Em seguida, a namorada ouviu um barulho de tiro e Corrêa gritando de dor.

Na mesma hora, ela foi até o banheiro e ligou para a polícia, informando que seu namorado era policial e havia sido baleado. A mulher ainda disse ter sido ameaçada por Kelly, que teria colocado uma arma em sua cabeça.  

À PM, a cabo confessou que foi a responsável pelo tiro que matou o ex-marido. Mas afirmou que agiu “instintivamente” porque o homem teria sacado a arma como se fosse atirar. Segundo ela, seu objetivo era acertar a perna do subtenente. O PM ainda foi levado ao hospital, mas morreu em decorrência dos ferimentos.

Sobre nós

Falar um pouco sobre o Chico

Ultimos posts

Copyright © 2022 Portal ChicoSabeTudo. Todos os direitos reservados.