Babá faz denúncia falsa de estupro de criança e coloca patrão na cadeia

Por Chico Sabe Tudo 20/04/2022

Denúncia falsa de estupro de vulnerável feita pela babá, nome não divulgado, de uma menina de 7 anos, contratada há 12 dias para trabalhar na casa da família no Setor Serrinha, em Goiânia, fez com que o namorado da mãe da criança, homem de 53 anos, fosse preso pela Polícia Militar (PM) na manhã desta terça-feira (19), após relatar o falso crime ao pai da menor.

De acordo com a ocorrência, a babá teria filmado o homem brincando com a enteada, induziu o irmão da menor, 11 anos, a dizer que a menina era abusada pela “padrasto”, e fez a denúncia à mãe da vítima, em casa, e ao pai, que mora em João Pessoa, na Paraíba, mas veio a Goiânia para denunciar o suposto estupro.

Em depoimento nesta manhã, o pai da criança relatou que a babá da família telefonou para ele depois de ter presenciado uma mudança de comportamento na criança, além do padrasto em várias situações “comprometedoras” com a filha.

A babá foi ouvida pelos militares e relatou que percebeu a “mudança de comportamento” da criança após flagrar várias vezes o “acusado” tocar a garota em cima da cama. A denunciante afirma que questionou a situação, mas que o padrasto teria respondido que aquilo era normal, e que estaria apenas fazendo uma massagem tailandesa na menor.

Ela acrescenta que contou o fato para mãe da menina, mas a patroa não tomou nenhuma atitude, então ligou para o pai, em João Pessoa, e relatou o fato e mandou vídeo gravado por ela que mostra o acusado brincando com a criança.

Diante da denúncia, a PM prendeu o acusado na casa da família, pois mora com a namorada e as crianças, e o encaminhou à Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA).

O delegado Wesley Silva, responsável pelas investigações, ouviu o acusado, a babá, os pais e o irmão da criança. Em seguida, teve acesso ao vídeo que, supostamente, comprovaria o estupro.

As pessoas ouvidas disseram não ter testemunhado nenhum crime sexual contra a menor. Segundo o delegado, as imagens mostram o homem brincando com a menina, apertando seu braço, sem tocar em nenhuma parte íntima ou se utilizar de atitudes que demostrem qualquer tipo de abuso sexual.

Os investigadores concluíram que a babá teria criado toda a história e induzido o irmão da menina dizer ter presenciado os abusos. Além disso, a “denunciante” já tem passagens policiais anteriores por fatos semelhantes, ao criar histórias fantasiosas. Ela deve ser indiciada, ao fim do inquérito, pelo crime de denunciação caluniosa.

Sobre nós

Falar um pouco sobre o Chico

Ultimos posts

Copyright © 2022 Portal ChicoSabeTudo. Todos os direitos reservados.